Você está aqui: Início

Torneio Solidariedade - Japão, no Arujá, foi um sucesso

E-mail Print PDF

Wilson Mizumoto Evento arrecadou R$ 55,7 mil as vítimas do terremoto. Mas doações continuam abertas

A comunidade do golfe atendeu em peso ao chamado para colaborar com as vítimas do terremoto e do tsunami que podem ter matado perto de 30 mil pessoas no Japão, além de destruir cidades inteiras e deixar milhares de desabrigados. Um total de 233 golfistas foi ao Arujá Golf Club, em Arujá, para participar do Torneio Solidariedade - Japão, no último sábado.

O número recorde de inscritos - esperava-se a metade - obrigou a fazer dois shot guns (jogo com saídas simultâneas em todos os buracos), um pela manhã e outro pela tarde. Além do valor das inscrições, os jogadores fizeram doações voluntárias. Só no sábado foram arrecadados R$ 55,7 mil, mas as doações continuam em aberto, com quem não pode participar do torneio tendo ainda a oportunidade de contribuir antes do enviou do dinheiro para o Japão.

Arrecadação continua - "A nossa campanha de arrecadação continuará até o dia 25 de abril e qualquer adesão adicional sempre será bem-vinda", diz Wilson Mizumoto, presidente do Arujá. "Nós, como um clube de maioria nikkei, não podíamos deixar de ajudar, mesmo que esse seja um gesto quase simbólico perto da dimensão da tragédia", diz o dirigente. "E não foi só a comunidade japonesa quem participou do evento", conta. Muitos "gaijins", que é como chamamos os não-japoneses, participaram do torneio.

O dinheiro arrecadado será enviado à Cruz Vermelha Internacional do JAPÃO através da Beneficência Nipo-Brasileira de S. Paulo - ENKYO  - supervisionada e orientada pelo Consulado e Embaixada do Japão. Doações voluntárias também poderão ser realizadas na conta do Banco Bradesco,  Agência 0131-7, conta corrente 131.000-3, aos cuidados da Beneficência Nipo-Brasileira de S. Paulo - ENKYO,  CNPJ: 60.992.427/0001-45.

Vencedores - A competição masculina do Torneio Solidariedade - Japão foi vencida por Milton Osaka, com 63 tacadas, nove abaixo de seu handicap, Osamu Amemiya em segundo, com 65, e José dos Santos Gervazio em terceiro, com a mesma contagem. Entre as mulheres, a campeã foi Ivete Aoki, com 63, seguida por Kinuko Yamada, com 66.

Mizumoto agradece os associados do Arujá pela cessão de suas dependências para realização deste Torneio da Solidariedade e também pela sua importante e relevante participação no evento.

 

fonte: http://bit.ly/fG623k